#GMFIndica – Agenda de 23 a 25/8

#GMFIndica de hoje resolveu sextar e trazer as programações mais legais do final de semana para você! Dá uma olhadinha no que o seu guia cultural preferido de SP separou:

23/8
Histórias da dança

Com a participação de pesquisadores, críticos e historiadores da arte, coreógrafos, bailarinos e curadores, este segundo seminário visa estimular a reflexão e a discussão sobre os corpos dançantes: que corpos são esses e o que os move? De que maneira a dança compõe, consolida, reencena e perpetua normas ou até reivindicações, identidades e um senso de coletividade?

O seminário também reitera um questionamento sobre as políticas de representação da dança e a respeito de como presenças efêmeras em performances podem trazer novas perspectivas para os museus e as artes visuais, tradicionalmente articulados em torno da produção e da preservação de objetos materiais.
Quando? 23/8. Sexta, 10h
Onde? MASP | Avenida Paulista, 1578 – Bela Vista
Quanto? Gratuito. Retirada de ingressos na bilheteria do Museu a partir das 9h

Lady Zu – Noite Disco

A cantora Lady Zu, que chegou a ser chamada por Chacrinha de a “Donna Summer” brasileira, não se deixou abalar com o fim da era disco, da qual foi um dos ícones no Brasil. Continuou cantando e foi se adaptando aos ritmos modernos. Lady Zu emprestou sua voz à faixa “A Crazy Night At Papagaio” do CD “Papagaio’s Fever”, lançado em janeiro de 2011, de Che (codinome do músico e DJ Alexandre Caparroz).
Quando? 23/8. Sexta, 20h30
Onde? Sesc Osasco | Av. Sport Club Corinthians Paulista, 1300 – Jardim das Flores
Quanto? Gratuito

Bárbara Rodrix

Cantora, compositora e intérprete, Barbara Rodrix tem dois discos lançados. No show intimista, a artista apresenta acompanhada de seu violão canções de seu segundo trabalho, Eu mesmo, álbum com canções autorais e parcerias com Luiza Possi e Bruna Caram.
Quando? 23/8. Sexta, 23h30
Onde? Bona | Rua lvaro Anes, 43 – Pinheiros
Quanto? R$35. Ingressos: http://bit.ly/2Z7wCiX

24/8
Alessandra Leão: Macumbas e Catimbós

Show de lançamento do disco Mabumbas e Catimbós, feito por muitas mãos e afetos, por muitas energias de amor, para celebrar o tempo, a música, a dança, a festa! Um presente oferecido aos Orixás, aos guias e entidades que trabalham, dançam, cantam, receitam, orientam e curam a cantora.
Quando? 24/8. Sábado, 21h
Onde? Auditório Ibirapuera | Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque Ibirapuera
Quanto? R$15 e R$30. Ingressos: http://bit.ly/2L5iNaC

Carne de Mulher

O espetáculo solo da atriz Paula Cohen é um manifesto artístico e feminista baseado no “Monólogo da Puta no Manicômio”, escrito por Dario Fo e Franca Rame em 1977. Com direção de Georgette Fadel, o trabalho conta a história de uma prostituta que sofre uma sequência de abusos. Após o espetáculo acontece um debate sobre violência contra a mulher com Isabela DelMonde (advogada), Carolina Cristal (psicóloga) e Carla Cristina (professora).
Quando? 24 a 31/8. Sábado, 11h; domingo, 19h; sábado, 20h
Onde? Centro Cultural da Penha | Largo do Rosário, 20 – Penha
Quanto? Gratuito. Retirada de ingressos 1h antes do espetáculo

Bloco Ilu Obá de Min

Um dos mais famosos e renomados blocos, composto apenas por mulheres, apresenta seus ritmos, danças e cantos em iorubá, carregando as origens do candomblé e outras culturas populares.

Com direção de Beth Beli e Mazé Cintra, Ilu traz raízes africanas e afro-brasileiras no toque do tambor. O grupo se apresenta todo ano nas ruas durante o carnaval e já participou de shows de grandes artistas, como Elza Soares.
Quando? 24/8. Sábado, 17h
Onde? Sesc Ipiranga | Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga
Quanto? Gratuito

Ilu obá de min no carnaval de São Paulo
Ilua Obá de Min | Foto: Beto Assem
Mulheres Periféricas do Palco

O Mulheres Periféricas se propõe a criar uma mesa de debate sobre a mulher na arte. Com uma presença e protagonismo cada vez mais frequentes, quais são os desafios ainda a serem encontrados?

As participantes, Naruna Costa, Dêssa Souza e Dora Nascimento, são todas mulheres com papéis ativos no meio criativo, do teatro e da música. Juntas, integram essa conversa que traz a periferia para o ambiente artístico, como parte da programação do 13º FESTCAL (Festival de Teatro do Campo Limpo).
Quando? 24/8. Sábado, 14h30
Onde? Sesc Campo Limpo | Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120 – Campo Limpo
Quanto? Gratuito

Slam Capão

Pautado e protagonizado por mulheres negras fora dos ambientes centrais de São Paulo, o Slam Capão vem para celebrar e incentivar o uso da palavra e a resistência através da literatura e da arte.

Composto por Jéssica Campos, Tawane Theodoro e Thalita de Freitas, o Slam, como uma tradicional competição poética, desenvolve seu papel artístico e social na periferia, no Sesc Campo Limpo.
Quando? 24/8. Sábado, 17h
Onde? Sesc Campo Limpo | Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120 – Campo Limpo
Quanto? Gratuito

Mariene de Castro

Mariene de Castro, atriz, modelo, instrumentista, bailarina, cantora e compositora baiana, apresenta um show intimista, no quintal do Sesc, cujo repertório vem do samba de roda e traz origens do candomblé.

Com 20 anos de carreira, ela canta sucessos como “Abre Caminho”, “Santo de Casa”, “Ser de Luz”, “Tabaroinha” e “Colheita”. Além da força forte do Maracatu em seus ritmos, foi Mariene também quem cantou na festa de encerramento das Olimpíadas RIO 2016, enquanto era apagada a chama da pira olímpica.
Quando? 24/8. Sábado, 18h
Onde? Sesc Ipiranga | Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga
Quanto? Gratuito

Feminino Abjeto 2

Feminino Abjeto 2 trazem autoescrituras, textos sobre feminismo, história da arte, cultos, rituais, improvisações, dança, música de forma imersiva, em um papel que representa arquétipos das masculinidades contemporâneas.

A peça traz 19 performadores, homens cisgênero e pessoas não-binárias, falando sobre fragilidades e comportamentos tóxicos que rondam o homem em sua construção social.
Quando? 24 e 25/8. Sábado, 21h e domingo, 18h
Onde? Sesc Ipiranga | Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga
Quanto? R$9 a R$30. Ingressos: http://bit.ly/2NoS0co

Foto de Mariene de Castro
Mariene de Castro | Foto: Mila Cordeiro
25/8
Anelis Assumpção e Livia Matos

Anelis traz seu show TAURINA pela primeira vez no Blue Note, como programação da Virada Sustentável 2019. O álbum, que venceu o prêmio de melhor disco e melhor capa pelo Prêmio Multishow, promete trazer a voz marcante e ritmos dançantes.

Livia apresenta seu álbum “Vinha da Ida”, lançado pela Natural Musical. Com ritmos que envolvem tuba, sanfona e bateria, além de sua voz, ela também usa de ritmos e origens brasileiras populares para criar um ambiente imersivo em suas apresentações.
Quando? Domingo, 25/08, às 18h
Onde? Blue Note SP | Avenida Paulista, 2073 – Consolação
Quanto? Gratuito. Retirada de ingressos 1h antes de cada show

(Foto de capa: Alessandra Leão por Bia Varella)