#GMFIndica – Agenda de 14 a 19/06

Procurando o que fazer em São Paulo? O Guia Maria Firmina indica os melhores eventos protagonizados por mulheres. Vamos fortalecer a arte das mana? Vem cá ver o que separamos para esse final de semana:

Mãe Coragem
Uma montagem que reúne novamente no teatro Bete Coelho e Daniela Thomas – parceiras de obras memoráveis –, além de um grande elenco. O espetáculo do autor alemão Bertolt Brecht (1898-1956) é um verdadeiro libelo contra a guerra e a violência que nos desumanizam, num momento em que essas questões voltam a nos assombrar aqui e por todo o mundo.
Quando? 14/6 a 21/7. Terça-feira a sábado, 20h30. Domingo, 18h30
Onde? Sesc Pompeia | Rua Clélia, 93
Quanto? R$12 a R$40. Ingressos aqui

14/06

Corpo Alvo/ Corpo Coletivo
Encontro que promove o diálogo entre jovens e convidados para debater o corpo jovem em múltiplos contextos. Com Gloria Maria, Magda Souza e Thais Siqueira. Mediação: Renata Prado.

Gloria Maria
Suas vivências com a juventude local de Paraisópolis, que frequenta baile funk, eventos de hip hop, entre outras atividades de entretenimento local, a levaram a refletir sobre os motivos de realizar esses projetos e acreditar na transformação da vida dos jovens através da arte e da educação.

Magda Souza
Magda Souza, 26 anos, nascida na cidade de São Paulo, reside no bairro morro do índio localizado na região do Jardim Ângela. Produtora e articuladora cultural, Idealizadora do projeto EmpodereCINEgo que tem a proposta de difundir a exibição de filmes nos espaços públicos da periferia. Participou do coletivo Periferima, coletivo que realiza a Batalha do bambuzal em que executou a divulgação e articulação de diversas batalhas de rima na Zona Sul de São Paulo. Atua como produtora no Quintal dos Prettos.

Thais Siqueira
É jornalista e uma das idealizadoras do coletivo Desenrola E Não Me Enrola. Desde 2013, vem consolidando parcerias com organizações sociais e coletivos de cunho cultural e esportivo espalhados pela cidade de São Paulo. Uma das suas principais ações é fortalecer artistas independentes, times de futebol feminino e masculino, por meio da sua conexões com oportunidades de participação em projetos de geração de renda e trabalho, em parceria com iniciativas públicas e privadas.

Renata Prado (Mediação)
É dançarina de Funk desde 2003 e atualmente é diretora da primeira organização político feminista da história do Funk, a “Frente Nacional de Mulheres do Funk”. Além de sua atuação no Funk, Renata é pesquisadora da cultura Funk há 3 anos e oferece palestra sobre a História do Funk em escolas públicas e Ong’s.
Quando? 14/06 às 21h30
Onde? Sesc Campo Limpo| R. Nossa Sra. do Bom Conselho, 120
Quanto? Gratuito

Foto: Divulgação

Anavitória
Quando? 14/06 às 23h
Onde? Espaço das Américas| Rua Tagipuru, 795
Quanto?  R$60 a R$130 (http://bit.ly/2Rc5d85)

Allie X
Depois de se apresentar no Festival SIM São Paulo em 2016, a cantora e compositora canadense Allie X retorna ao Brasil.

Allie X fará uma apresentação solo na cidade de São Paulo, no dia 14 de junho, na Fabrique Club, com a turnê do seu terceiro disco “Super Sunset”, lançado em Outubro de 2018.
Quando? 14 às 20h30
Onde? Fabrique Club| Rua Barra Funda, 1071
Quando? R$100 a R$200 (http://bit.ly/AllieXSP)

15/06

Politizando Beyoncé: raça, gênero e sexualidade
Partindo do pressuposto de que a cultura pop funciona como espelho social e político do mundo contemporâneo, “Politizando Beyoncé: raça, gênero e sexualidade” analisa a estética da artista POP, trazendo para reflexão tópicos relacionados à indústria cultural, à dinâmica do espetáculo e ao entretenimento, conectando-os com as clivagens raciais, de gênero e de sexualidade.

O debate é feito por Mayra Ribeiro, pós-graduada em psicologia e atua como Educadora Social. O filósofo Ali Prando e pesquisar de temáticas de gênero, sexualidade e feminismo através de perspectivas butlerianas. E Allan da Rosa, professor de História da África e do Brasil, além de arte educador em EJA – Educação de Jovens e Adultos.
Quando? 15/06 às 15h
Onde? Sesc Pompeia| Rua Clélia, 93
Quando? Gratuito *retirada de senha com 1 hora de antecedência na Loja Sesc

Ilú Obá de Min na 18ª Festa do Rosário da Penha
A Comunidade do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França realiza 18ª Festa da Igreja do Rosário, que celebra os 217 anos oficiais deste importante templo para história e cultura do povo afrodescendente em São Paulo. A Festa traz como tema central “Rosário: ventre que gera sementes de resistência”, para apresentar uma programação gratuita, artística, religiosa e reflexiva em diferentes espaços do bairro.
Quando? 15/06 às 16h
Onde? Largo do Rosário – Penha
Quanto? Gratuito

Olhares Delas – mulheres na fotografia
Coletivo criado para dar voz e enaltecer mulheres na fotografia faz evento com palestras, talks, pocket shows e feirinha de marcas de produtoras locais.

O evento será dividido em quatro painéis, no auditório, abordando temas como: visibilidade das mulheres na fotografia, machismo, assédio, processos de criação, local de fala, a importância da representatividade da mulher real na fotografia e muito mais. Programação completa no evento: http://bit.ly/31vGBft.
Quando? 15/05 das 14h às 22h
Onde? MIS SP| Av. Europa, 158 – Jd. Europa
Quanto? Gratuito

Vanessa Da Mata
Quando? 15/06 às 22h
Onde? Tom Brasil| Rua Bragança Paulista 1281
Quanto? R$50 a R$95 (http://bit.ly/2wOiTwJ)

Foto: Divulgação

16/06

Feira Agroecológica e Cultural de Mulheres
A Feira Agroecológica e Cultural de Mulheres no Butantã é um espaço de fortalecimento da agroecologia e da economia solidária e feminista. Busca promover a geração de renda para mulheres de diferentes contextos e territórios e o acesso a alimentos e artesanias de qualidade em uma relação direta entre produtoras e consumidores. A Feira é também uma iniciativa de auto – organização de produtoras para criar um espaço regular de comercialização e promover ações culturais no Bairro.

Além dos alimentos agroecológicos, orgânicos e artesanatos, a feira conta com uma programação cultural, que foi pensada com atenção especial para as crianças. Durante a feira acontecem diversas oficinas, prática de yoga, apresentações culturais e capoeira.
Quando? 16/05 das 9h30 às 17h
Onde? Rua José Alvares – Butantã
Quanto? Gratuito

Bárbara Eugenia
A cantora e compositora carioca mostra seu quarto álbum, Tuda, lançado no início deste ano e coproduzido por ela, ao lado dos cidadãos instigados Dustan Gallas e Clayton Martin, seus parceiros de longa data. O disco é uma viagem latino-eletrônica “caliente”, que convida para um baile apaixonado. Saindo um pouco da pegada anos 60 que sempre permeou sua sonoridade, Bárbara agora se aventura por um universo mais pop e eletrônico, celebração de todas as influências que ela viveu nesses 10 anos de carreira.
Quando? 16/06 às 18h
Onde? Centro Cultural Vergueiro| Rua Vergueiro, 1000
Quanto? R$25 – venda disponível na bilheteria do CCSP

Samba de Elis
37ª edição do festival, que todo terceiro domingo abre espaço para ampliar e fortalecer a representatividade das mulheres como musicistas!
Desta vez o Samba de Elis recebe o grupo Resenha de Crioulas! Projeto que surgiu em julho de 2018 a partir da vontade da musicista Jéssica Souza e de suas amigas e parceiras Priscila Fabiano e Luana Souza em formar uma Roda de Samba só de musicistas do Samba Paulista.

O Samba de Elis, que se reúne todo último domingo do mês, acredita na importância de ajudar o próximo, e por isso arrecada roupas e alimentos durante suas apresentações, que são doados para instituições beneficentes.
Quando? 16/06 às 15
Onde? Praça Elis Regina| Rua Pereira do Lago, 100
Quanto? Gratuito

18/06

Karol ConKa
Abertura de Ingressos para o Show segundo álbum de Karol Conka, “Ambulante” , foi lançado em novembro de 2018 trazendo novidades no som da artista e reforçando sua essência. Em parceria com o produtor Boss and Drama, ela misturou de beats, flertou com outros estilos e fez um disco de rap no formato pop fortalecendo sua personalidade.
Quando? 26/06 (show) às 21h30
Onde? Sesc Bom Retiro| Alameda Nothmann, 185
Quanto? R$9 a R$30 (http://bit.ly/2Id76yv)

Alice Caymmi apresenta o show ELECTRA
Electra, na mitologia grega, é persona movida pela fúria, essa intensidade da figura mítica, aliás, pode explicar os movimentos de Alice na gravação do novo disco: apenas dois dias no Estúdio Red Bull, em São Paulo, foram necessários para as gravações. De forma entregue e intensa, é assim que nasce “Electra”: Alice cantando sem amarras e solta dentro das canções.
Quando? 18/06 e 19/06 às 21h
Onde? Centro Cultural Vergueiro| Rua Vergueiro 1000
Quanto? R$12,50 a R$25 (http://bit.ly/2Ib411Y)